domingo, 15 de junho de 2014

O retrato de Dorian Gray

Hoje fiquei com vontade de escrever uma indicação de leitura de um livro que gostei muito e que conhecia somente de nome, chamado "O retrato de Dorian Gray", do escritor irlandês Oscar Wilde, lançado pela primeira vez em 1890, tornando-se um dos livros mais importantes do século XIX.


A história do livro se passa na Era Vitoriana, e o que o autor faz é uma crítica aos costumes da época. Naqueles tempos, a Rainha Vitória (1837-1901) exigia de todos os cidadãos respeito e bons modos. As regras eram rígidas e os padrões deveriam ser seguidos à risca,  então todos agiam com cortesia, respeito e falsidade, escondendo muita sujeira, imoralidade, futilidade, traição, mortes, assassinatos e coisas ruins, passando a imagem de puritanos, e os personagens do livro fazem exatamente isso. Como tudo era extremamente rígido, os protestos eram feitos por meio da arte.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Cavaleiros Templários

Como prometido, hoje falarei sobre os Cavaleiros Templários, uma das maiores sociedades cristãs que foi dizimada cruelmente sob a acusação de heresia. Suas roupas brancas com cruzes vermelhas e suas fortes armaduras fizeram destes homens grandes guerreiros imortalizados até hoje em histórias e no nosso imaginário. 

Os templários tiveram por objetivo propagar a fé cristã e defendê-la, retomando as terras de Jerusalém dos muçulmanos, usando a força se fosse necessário. A história desses cavaleiros surge por volta de 1118, na Idade Média, e durou cerca de de dois séculos.